Grandes Cientistas e a Fé

James Clerk Maxwell (1831-1879), um físico que teve sua biografia publicada pela prestigiosa editora John Wiley com o título O homem que mudou tudo, escreveu [23]“Penso que os cientistas assim como outras pessoas, precisam aprender de Cristo, e acho que os cristãos cujas mentes dedicam-se à ciência são chamados a estudá-la para que sua visão da glória de Deus possa ser tão extensa quanto possível.”Muitos cientistas viveram vidas e carreiras compatíveis com esse pensamento de Maxwell. Como exemplo, cito oito cientistas homenageados pelo SI (o Sistema Internacional de Unidades), conhecidos também por sua profissão da fé cristã. Leia mais…
Muitos cientistas que professa(ra)m a fé cristã falaram ou escreveram sobre sua fé. Vários cientistas não cristãos também se manifestaram sobre fé e / ou sobre religião. A seguir são reproduzidas (apenas) algumas das citações de cientistas bastante conhecidos. Ao final da página encontram-se informações sobre as referências de onde as citações foram obtidas.

foto
Isaac Newton (1643-1727), matemático e físico
“Devemos crer em um Deus e não ter outros deuses além dele. Ele é eterno, onipresente, onisciente, onipotente, criador de todas as coisas, sábio, justo, bom e santo. Devemos amá-lo, temê-lo, honrá-lo e confiar nele, orar a ele, dar-lhe graças, louvá-lo e santificar seu nome, cumprir seus mandamentos e dispor de tempo para honrá-lo em culto.” [1]

foto
Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716), matemático, engenheiro, filósofo e diplomata
“A verdadeira felicidade consiste no amor a Deus, porém num amor sem preconceitos, cujo fogo arde na luz do conhecimento. Este tipo de amor gera a alegria com boas ações, que dá apoio à virtude e, tendo Deus como centro, eleva o humano ao divino.” [1]

foto
Leonhard Euler (1707-1783), matemático e físico
“A verdadeira felicidade pode ser encontrada somente em Deus, todos os outros prazeres nada mais são do que uma máscara vazia e são capazes de produzir apenas uma satisfação momentânea.”[2]

foto
Alessandro Volta (1745-1827), físico
“Submeti as verdades fundamentais da fé a um estudo minucioso. Li as obras dos apologetas e de seus adversários, avaliei as razões a favor e contra e assim obtive argumentos relevantes que tornam a religião (bíblica) tão digna de confiança ao espírito científico que uma alma com pensamentos nobres ainda não pervertida por pecado e paixão não pode senão abraçá-la e afeiçoar-se a ela. Peço a Deus que minha profissão de fé, que me foi solicitada e que eu forneço com alegria, escrita de próprio punho e por mim assinada, possa ser apresentada a todos, pois não me envergonho do Evangelho.” [1]

foto
Wilhelm von Humboldt (1767-1835), linguista, cofundador da primeira universidade de Berlim
“Os mistérios de Deus não são compreendidos; são adorados.” [1]

foto
Karl Friedrich Gauss (1777-1855), matemático e físico
“Existem questões a cuja resposta eu daria um valor infinitamente maior do que às matemáticas, por exemplo questões sobre ética, sobre nosso relacionamento com Deus, sobre nosso destino e nosso futuro. Para a alma existe uma satisfação de espécie superior, para a qual dispenso o que é material” [1]

foto
Friedrich Rückert (1788-1866), filólogo, pioneiro da orientalística na Alemanha
“Fé é uma necessidade do coração. Ausência de fé não preenche lacunas. Onde se lançou fora a fé proliferará a superstição.” [3]

foto
Augustin Louis Cauchy (1789-1857), matemático e físico
“Sou um cristão, isto significa: creio na divindade de Jesus Cristo juntamente com Tycho Brahe, Copérnico, Descartes, Newton, Fermat, Leibniz, Pascal, Grimaldi, Euler, Guldin, Boscowitsch, Gerdil, com todos os grandes astrônomos, todos os grandes pesquisadores das ciências naturais, todos os grandes matemáticos dos séculos passados. E se porventura me perguntarem pela razão, terei prazer em explicá-la. Verão que minha convicção é resultado de estudo cuidadoso e não de preconceitos.” [1]

foto
Michael Faraday (1791-1867), físico e químico
“Eu confio em certezas. Eu sei que meu Redentor vive, e porque Ele vive eu também viverei.” [4]

foto
Karl Ernst von Baer (1792 – 1876), biólogo, pai da embriologia
“O bondoso Criador colocou quatro desejos no homem, pelos quais podemos dizer que este é segundo a imagem de Deus: a fé, a consciência, o desejo de saber, o sentido pela estética.” (citação resumida) [1]

foto
Justus von Liebig (1803 – 1873), químico, patrono da Universidade de Giessen, Alemanha
“O conhecimento da natureza é o caminho para a admiração do Criador.” [1]

foto
Alexis de Tocqueville (1805 – 1859), cientista político e historiador
“O povo, se quiser ser livre, há de ter convicções religiosas. Em não tendo fé, servirá.” [5]

foto
James Prescott Joule (1818-1889), físico
“Após conhecer e obedecer à vontade de Deus, o próximo alvo deve ser conhecer algo dos Seus atributos de sabedoria, poder e bondade evidenciados nas obras de Suas mãos.” [6]

foto
Louis Pasteur (1822-1895), microbiólogo e químico
“Quanto mais eu estudo a natureza mais fico impressionado com a obra do Criador. Nas menores de suas criaturas Deus colocou propriedades extraordinárias…”
“Proclamo Jesus como filho de Deus em nome da ciência. Meu espírito científico, que dá grande valor à relação entre causa e efeito, compromete-me a reconhecer que, se ele não o fosse, eu não mais saberia quem ele é. Mas ele é o filho de Deus. Suas palavras são divinas, sua vida é divina, e foi dito com razão que existem equações morais assim como existem equações matemáticas.” [1]

foto
James Clerk Maxwell (1831-1879), físico e matemático
“Juntamente com a Assembléia de Westminster e todos que a precederam eu creio que ‘o fim principal do homem é glorificar a Deus e apreciá-lo para sempre.'” [7]

foto
John William Strutt, Lord Rayleigh (1842-1919), ganhador do Prêmio Nobel de Física de 1904
“Muitas pessoas excelentes temem a ciência como tendendo ao materialismo. Não é surpreendente que tal apreensão exista, pois, infelizmente, há escritores, falando em nome da ciência, que se fixaram a fomentá-la. É verdade que entre os homens de ciência, como em outros ramos, pontos de vista pouco refletidos podem ser encontrados a respeito das coisas mais profundas da natureza; mas que as crenças a que Newton, Faraday e Maxwell aderiram toda uma vida seriam incompatíveis com o hábito científico da mente é, sem dúvida, uma proposição que eu não preciso me delongar em refutar.” [8]

foto
Ruy Barbosa de Oliveira (1849-1923), filólogo e cientista político
“Nunca senti pelas vilanias humanas mais enjoos e pela sorte de nossa terra mais desânimo. Felizmente a fé em Deus se me vai acendendo, à medida que se me apaga a confiança nos homens. No meio de tantos desconfortos e iniquidade tenho-me entregado estes dias exclusivamente à leitura do Evangelho, a eterna consolação dos malferidos nos grandes naufrágios.” [9]
“Nem o ateísmo reflexivo dos filósofos, nem o inconsciente ateísmo dos indiferentes são compatíveis com as qualidades de ação, resistência e disciplina essenciais aos povos livres. Os descrentes, em geral, são fracos e pessimistas, resignados ou rebeldes, agitados ou agitadores. Mas ainda não basta crer: é preciso crer definida e ativamente em Deus, isto é, confessá-lo com firmeza, e praticá-lo com perseverança.” [9]

foto
Max Planck (1858-1947), ganhador do Prêmio Nobel de Física de 1919
“… desde a infância a fé firme e inabalável no Todo Poderoso e Todo Bondoso tem profundas raízes em mim. Decerto Seus caminhos não são nossos caminhos; mas a confiança Nele nos ajuda a vencer as provações mais difíceis.” [1]
“Religião e ciência natural combatem unidos numa batalha incessante contra o ceticismo e o dogmatismo, contra a descrença e a superstição. E a palavra de ordem nesta luta sempre foi e para todo sempre será: em direção a Deus!” [10]
“A prova mais imediata da compatibilidade entre religião e ciência natural, mesmo sob análise detalhada e crítica, é o fato histórico de que justamente os maiores cientistas de todos os tempos, homens como Kepler, Newton, Leibniz, estavam imbuídos de profunda religiosidade.” [10]

foto
Roberto Landell de Moura (1861- 1928), teólogo, inventor, pioneiro do rádio
“Eu sempre vi nas minhas descobertas uma dádiva de Deus. E como, além disso, sempre trabalhei para o bem da humanidade, tentando provar, ao mesmo tempo, que a religião não é incompatível com a ciência, folgo em ver hoje realizado na prática utilitária, aquilo que foi meu sonho de muitos dias, muitos meses, muitos anos.” [11]

foto
George Washington Carver (1864-1943), botânico, agrônomo
“Quando eu trabalhava em projetos que atendiam a uma real necessidade humana, forças trabalhavam através de mim que me surpreendiam. Frequentemente eu adormecia com um problema aparentemente insolúvel. Ao acordar, a resposta estava lá. Por que, então, devemos nós crentes em Cristo nos surpreender com aquilo que Deus pode fazer com um homem de boa vontade em um laboratório?” [12]

foto
Herbert George Wells (1866-1946), historiador e escritor
“Como historiador preciso admitir que este pobre pregador da Galileia inevitavelmente é o centro da história.” [1]

foto
André Siegfried (1875-1959), educador e cientista político
“Nossa visão espiritual e não apenas puramente racional do homem…, nós a devemos à tradição judaica, que teve no Evangelho um desdobramento tão grandioso. Os profetas de Israel, aqueles brilhantes e devotos líderes do seu povo, plantaram no nosso espírito a sede de justiça que caracteriza socialmente o Ocidente.” [1]

foto
Albert Einstein (1879-1955), ganhador do Prêmio Nobel de Física de 1921
“A todo cientista minucioso deve ser natural algum tipo de sentimento religioso, pois não consegue supor que as dependências extremamente sutis por ele vislumbradas tenham sido pensadas pela primeira vez por ele. No universo incompreensível revela-se uma razão ilimitada. A opinião corrente de que sou ateu baseia-se num grande engano. Quem julga deduzi-la de minhas teorias científicas, mal as compreendeu. Entendeu-me de forma equivocada e presta-me péssimo serviço…” [13]

foto
Friedrich Dessauer (1881-1963), físico, pai da engenharia biomédica
“No fundo o ideal do homem cristão é a superação heroica de tudo o que rebaixa…, naturalmente não apenas por força própria, que é insuficiente, mas com ajuda da graça (de Deus).” [14]

foto
Arthur Holly Compton (1892-1962), ganhador do Prêmio Nobel de Física de 1927
“Para mim, a fé começa com a constatação de que uma inteligência suprema chamou o universo à existência e criou o homem. Não me é difícil crer isso, pois é inegável que onde há um plano, há também inteligência – um universo ordenado e em desdobramento atesta a verdade da declaração mais poderosa que jamais foi proferida: ‘No princípio Deus criou’.” [15]

foto
Georges Lemaître (1894-1966), teólogo, engenheiro, físico, astrônomo, pai da teoria do “big-bang”
“Ele (o pesquisador cristão) sabe que coisa alguma em toda a criação foi feita sem Deus, mas ele sabe também que Deus em nenhum lugar assume o lugar de suas criaturas. Atividade divina onipresente em todos os lugares é essencialmente escondida. Jamais esteve em questão reduzir o Ser supremo ao posto de uma hipótese científica.” [24]
“Talvez os próprios teólogos tenham alguma responsabilidade no mal-entendido que coloca a ciência contra a fé. Quando uma aparência de conflito se origina entre um ponto tradicional de ensino religioso e uma nova hipótese que começa a estabelecer-se com base em fatos, eles mostram uma tendência cômoda demais de esperar até o último momento, quando a hipótese seria definitivamente provada. Eles teriam feito trabalho muito mais útil investigando cuidadosamente esses pontos da doutrina que parecem levar a conflitos… De qualquer forma, sua cortesia inteli
Para todos os que estão em Cristo Jesus.
Extraído de: Teísmo Cristão
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s