Refutando a visão alienígena do livro ”Deuses Astronautas”

download (19)

Neste artigo eu procuro refutar principalmente nas passagem a onde ”Erick Von Daniken” autor do Livro ”Deuses Astronautas” faz certas perguntas que na visão dela é considerada embaraçosa como por exemplo a questão da afirmação do Unicismo ”Façamos o homem segundo a nossa Imagem”. Mas cara leitor não é este o artigo que vai ser tratado aqui, e sim sobre ”A Visão de Ezequiel 1:5-28”. E bom que entendemos aqui que muitos ufólogos vêem aqui nesta simples menção de Ezequiel a base para a suposta visão dos alienígenas, e é também neste livro ”Deuses Astronautas” que saiu essa geração de ufólogos.

Vocês verão aqui, o texto que está inserido neste livro que segundo Erick confirma que o Profeta Ezequiel viu uma Manifestação de OVN’S, em seguida uma refutação minha em Negrito.

“Além disso vi, ao lado dos quatro seres vivos, rodas no chão. O aspecto das rodas era como o vislumbre de um crisólito, e as quatro rodas eram todas da mesma conformação, e eram trabalhadas de modo tal como se cada roda estivesse no meio da outra. Podiam andar para todas as quatro direções, sem virar se ao andar. E eu vi, que tinham raios e seus raios estavam cheios de olhos em toda a volta das quatro rodas, Quando os seres vivos andavam, também as rodas andavam a seu lado, e quando os seres vivos se elevavam do chão, também as rodas se levantavam.”
A narração é estupendamente boa: Ezequiel acha que uma roda se encontrava no meio da outra. Uma ilusão óptica! De acordo com nossos atuais conhecimentos, ele viu algo parecido com os veículos especiais que os americanos usam nas areias desérticas e regiões pantanosas. Ezequiel observa que as rodas se elevam do chão simultaneamente com as asas. Isso é exatíssimo. Naturalmente, as rodas de um veículo universal, por exemplo, um helicóptero anfíbio, não ficam no chão quando ele se eleva para o ar.

“Filho do homem, põe te em pé, quero falar te.” Esta voz o relator ouviu e, de temor e respeito, enterrou seu rosto no chão. Os vultos estranhos interpelavam nosso Ezequiel como “filho do homem”, e queriam falar com ele. Segue o relatório:


“…e ouvi atrás de mim um estrondo possante, quando a glória do Senhor se elevou de seu lugar, o farfalhar de asas dos seres vivos que se tocavam entre si, e o tilintar das rodas ao mesmo tempo, constituiu um estrondo possante.”


Além da descrição bastante exata do semovente, Ezequiel nota também o ruído que esse monstro nunca visto produz, quando decola do solo. Designa o barulho feito pelas asas como um farfalhar e o tilintar das rodas como um possante estrondo. Não nos parece isto o depoimento de uma testemunha ocular? Os “deuses” falaram com Ezequiel e instaram para que doravante restaurasse a lei e a ordem na Terra. Receberam no em seu veículo e confirmaram que ainda não haviam abandonado a Terra. A ocorrência causou forte impressão sobre Ezequiel, pois não se cansa de descrever cada vez de novo o estranho veículo. Mais três vezes repete ele a descrição de uma roda “que estava dentro da outra” e das “quatro rodas que podiam ir para todos os lados, sem virar se no andar”. E especialmente impressionado mostrou se ele com o fato de o corpo inteiro do veículo, as costas, as mãos e as asas, até as rodas, estarem cheios de olhos. A finalidade e o alvo da viagem, os “deuses” revelam ao cronista mais tarde, quando lhe dizem que ele vive em meio a uma geração rebelde, que tinha olhos para ver, e assim mesmo nada via, e orelhas para ouvir, e assim mesmo nada ouvia. Esclarecido Ezequiel sobre seu povo, seguem se. como em todas as descrições de tais desembarques conselhos e indicações com respeito à lei e à ordem, assim como sugestões com vistas a uma civilização adequada. Ezequiel levou a missão muito a sério, e transmitiu aos outros as indicações dos “deuses”.

Novamente estamos diante de questões embaraçosas.
Quem falou com Ezequiel? Que espécie de seres eram?

Refutação: De fato aqui neste texto encontramos muitas discrepâncias, pois o autor confunde a visão alienígena com a Glória de Deus, pois aqui é evidente que Ezequiel não viu uma visão de alienígenas como queira o autor aqui, e muitos ufólogos usam esse texto com base para tais idéias. Obviamente a exegese desse cara deve-se ser extraído daqueles filmes de ficção científica, pois ele diz que a ”rodas se elevavam do chão simultaneamente junto com as asas, e que Naturalmente, as rodas de um veículo universal, por exemplo, um helicóptero anfíbio, não ficam no chão quando ele se eleva para o ar”. Isto é simplesmente uma desarmonia com as Escrituras Sagradas, pois o versículo 28 declara Esta era a Aparência da Glória do Senhor”. 

E no Capítulo 1:5 de Ezequiel que menciona os quatro Seres Viventes, faz uma certa referência como de Apocalipse 4:6-7, e Ezequiel 10:14, pois ambos tratam de visões, que não deve ser interpretados literalmente, mas simbolicamente. O mais legal é que o autor tem a coragem perguntar quem eram esses seres, bom a razão óbvia, é que eram Anjos pois eles voavam, e ainda são mencionados no Apocalipse como estando diante do Trono de Deus.

E ainda mais a mensagem deles provinha do Senhor Deus de Israel para o Profeta Ezequiel, isto é evidente, pois só basta dar uma olhada 2:1-4.

E é claro que eu não podia terminar este pequeno resumo assim, ”são espíritos de Demônios que a Bíblia chama de espíritos mentirosos” (I Rs 22:22). É simplesmente o capeta enganando aqueles que estão ouvindo e seguindo heresias, e se corrompendo com falsas interpretações.


Para todos os que estão em Cristo Jesus.

Por Jean Carlos: (Apologia Bíblica)

Anúncios

Um comentário sobre “Refutando a visão alienígena do livro ”Deuses Astronautas”

  1. Pingback: A Bíblia da apoio para a Ufologia? | Apologética Bíblica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s